• JDias

3 formas de aprender, só uma eficaz


Pode aprender lendo ou a ouvir descrições detalhadas sobre conceitos. Pode aprender a ver imagens, exemplos e símbolos. Pode aprender fazendo, mexendo, experienciando.

Qual a melhor forma? Calcula?

Acertou, é a última, claro. Na psicologia estas três formas são definidas assim:

Abstracta - Simbólica - Concreta

Acertou, é a última, claro.

1 - Na abstracta, por muito que descreva, diga, fale, pormenorize, detalhe, a informação toda ela é subjectiva e a aprendizagem assentará numa construção mental, imaginada e subjectiva. Facilmente esquecida, secundarizada, independente de estado emocional significativo.

Imagine uma mãe a ensinar ao filho o que é um cão, descrevendo com palavras o que é, o que faz e como é.

2 - Na Simbólica, há um suporte de imagem. A informação não é imaginada, mas a sua apreensão simbólica visual fica ainda assim associada ao estado emocional contextualizado com o momento da aprendizagem. Imagine agora a mãe a ensinar ao filho o que é um cão através de imagens de um livro mostrado no seu quarto. O estado emocional é ancorado ao conforto do quarto e a imagem fica registada, porém os restantes sentidos não têm informação adicional sobre o que é o cão.

3 - Na Concreta, a aprendizagem é vivida no aqui e no agora, presencialmente e com todos os sentidos. Imagine a mãe a ensinar ao filho o que é um cão mas a fazê-lo na rua, na presença de um animal. O filho vê o cão ao vivo, toca no pêlo, sente o cheiro, ouve o arfar e toda a movimentação do animal.

Aqui as ligações neurológicas são mais densas porque todos os sentidos estão em aprendizagem ao mesmo tempo. Tacto, Visual, Auditivo e o Olfacto. Além de que há uma emoção associada à presença real de um animal.

Claro que há cães grandes, pequenos, peludos ou não, maus ou bons, etc. Mas as ligações neurológicas em relação à aprendizagem sobre o cão vão-se reforçando na sua diversidade.

Aprender é vivenciar e permitir que todos os sentidos contribuam no processo. Aprendizagem não é apenas um processo mental. O corpo tem de entrar na equação. Há um dito indígena dos Papua Nova Guiné que diz algo extraordinário:

«Conhecimento é apenas um rumor

até que esteja nos músculos»

Até que o conhecimento aconteça, há que ser integrado em todos os sentidos, não basta saber mentalmente o que é.

#liderança #emoções #desenvolvimentopessoal #autoajuda #afectos #sentimentos

14 visualizações

© 2013 by JD communication - Portugal - jd@jdias.org - 913254041