Não permita que o assaltem...

De muitas maneiras, toda a nossa aprendizagem nos conduz a permitirmos que nos assaltem, no invadam e nos roubem recursos.

Não estou a falar dos assaltos clássicos, em que um indivíduo lhe tira a carteira, a mala, o dinheiro, ameaçando-o/a com uma arma ou algo do género. Isso felizmente não acontece diariamente ou com tanta frequência na nossa vida.


O que é mais comum no nosso dia-a-dia é sermos permissivos com pessoas agressivas, irónicas, sarcásticas, críticas e abrasivas. É fácil encontrá-los no trabalho. Pode acontecer na família e também na nossas relações mais informais.

Deixo-lhe este alerta porque em tempos lá atrás dei por mim a ser assaltado quase diariamente, a maior parte das vezes porque permitia que o fizessem. Permitia-me ficar afectado, abalado, mal-disposto. Quando me dei conta disto, iniciei uma nova fase de vida: de não permitir ser assaltado facilmente. Não permitir pessoas destas na minha vida diária. Apenas no trabalho tinha enfim de conviver de perto com alguns assaltantes, mas não me permitia ficar abatido com as suas investidas. Protegia a minha interioridade a partir dela mesma. Comecei a trabalhar esse factor de inteligência emocional.


O que pretendo neste post é pedir-lhe que considere pessoas desagradáveis, abusivas e agressivas como assaltantes. Porque no fundo eles pretendem invadir o seu espaço interior, afectando o seu equilíbrio mental e emocional, para que fique dependente e eles tomem o controlo de si, o influenciem, o dominem.


Comece já a trabalhar nisso: Que pessoas conhece, relativamente próximas, que são «assaltantes»? Quantas identifica? Em que áreas? Trabalho, família, conhecidos, colegas...


PRECISA DE IDENTIFICÁ-LAS PARA FICAR MAIS IMUNE ÀS SUAS INVESTIDAS.

QUANDO SABE O QUE PRETENDEM, PERCEBE QUE JÁ NÃO SE AFECTA PORQUE NÃO MORDE O ISCO, NÃO SE PERMITE A FICAR AFECTADO _____________________________________

Consulte os nossos programas de Inteligência Emocional e de PNL&Coaching, direccionados às soluções e à flexibilidade emocional

#liderança #emoções #desenvolvimentopessoal #autoajuda #afectos #sentimentos

0 visualização

© 2013 by JD communication - Portugal - jd@jdias.org - 913254041