Leonel, Borg, Federer

September 14, 2017

Três desportistas que me marcaram, cujas capacidades são um exemplo para a vida. Formas que lhes mereceu o estatuto de melhores do mundo, em três fases distintas. Perfeccionistas, perseverantes, emocionalmente estáveis, criaram estilos muito próprios e originais, influenciando gerações de atletas de outras modalidades que não as suas.

 

___________________________

 

LEONEL FERNANDES, hóquei, em baixo, o último à sua direita, foi um marco no hóquei em patins em Portugal. Anos 70 e 80.

 

Virtuoso na patinagem, foi o único jogador do planeta ao mesmo tempo canhoto e destro a usar o stick, trocando-o na mão de acordo com o posicionamento no rinque. 

Calmo, discreto, no jogo sempre com um sorriso nos lábios, finta curta, stickada rápida, resolvia encontros com jogadas de inspiração, numa espécie de bailado de movimentos singulares. Por Portugal, foi campeão do mundo e da Europa várias vezes. Representou sempre a CUF do Barreiro.

 

 

BJORN BORG, ténis, sueco, mais conhecido por Iceborg, aludindo à sua frieza e emoções em controlo. Anos 80.

 

Inspirou-me pela sua capacidade em manter-se impávido e sereno, com uma expressão estável do início ao fim dos encontros. 

Admirável, principalmente em situações de desvantagem, Borg recuperava o seu jogo e produzia milagres quando tudo parecia perdido

 

Jogador contido, o primeiro a criar a esquerda a duas mãos, não dava ao adversário a vantagem de ver revelado o que lhe ia na alma, passando por isso uma atitude de tranquilidade que confundia e surpreendia. Um recordista em grand slams. 

 

 

ROGER FEDERER, ténis, suíço, melhor jogador de todos os tempos, recordista de sempre em títulos. 

 

Inspirador pelo seu virtuosismo e capacidade de se reinventar, mesmo agora, com 35 anos, ainda no activo e em 3.º do ranking ATP.

Roger é dotado de uma ergonomia perfeita para a modalidade, o seu ténis é de movimentos suaves, elegantes e perfeitos, o que lhe permitiu um mínimo de lesões ao longo da sua carreira. Um pouco à semelhança de Borg, Roger mantém durante os encontros uma expressão serena e controlada.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Featured Posts

O que pode e não pode

November 12, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts

November 12, 2019

September 9, 2019

Please reload

Archive
Please reload