Não, Mas, Tentar, Se, Espero...

February 20, 2019

Damos energia às palavras e assim há as que convidam à acção e outras que convidam à inacção. Umas promovem visualizações positivas, outras conduzem à limitação. Sendo assim, reveja a sua utilização. Deixo-lhe um conjunto de palavras cuja utilidade deve ser medida em contexto. 

 

NÃO - Traz à mente o que está junto com ela. O NÃO existe apenas na linguagem e não na experiência. Por exemplo, se pensarmos em NÃO, nada vem à mente, mas se nos pedirem para não pensar em macaquinhos amarelos, é certo e sabido que pensaremos neles.

Sugestão - Procure dizer o que quer e não o que não quer. Por exemplo, em vez de «Não uses o meu telefone», diga «Só eu uso o meu telefone», ou «Estás proibido de usar o meu telefone».

 

MAS - Nega tudo o que proferimos antes. Em «O Paulo é inteligente, esforçado, MAS tem de melhorar a comunicação» coloca em causa tudo de positivo dito anteriormente. Sugestão - Em vez de MAS, use o E. «O Paulo é inteligente e pode melhorar a comunicação»

 

TENTAR – Pressupõe a possibilidade de falhar. Quem tem hábito de dizer «Vou tentar… (ficar atento; chegar cedo; fazer o texto; etc.», fique certo de que essa pessoa tem grande possibilidade de não fazer. A palavra TENTAR associa-se à desresponsabilização

Sugestão - Assuma a responsabilidade e diga Vou, Farei, etc. Vai ganhar credibilidade

 

NÃO POSSO ou NÃO CONSIGO - Expressões associadas a incapacidade pessoal, limitação, escassez.

Sugestão - Use «Não quero», «Não podia» ou «Não conseguia», que pressupõem que vai conseguir, que vai poder, que vai realizar.

 

DEVO, TENHO QUE ou PRECISO - Algo externo tem o controlo. Quando TEM DE, DEVE ou PRECISA, não está a fazer para si. Está a fazer para outros. Para agradar, para que gostem de si, etc. 

Sugestão - Use o Quero, Decido, Escolho.

 

SE - Dependência. Quando algo depende de outros.

Sugestão - Use antes o «Quando», por exemplo. Em vez de «Se conseguir ganhar dinheiro, vou viajar», diga antes «Quando conseguir ganhar dinheiro, vou viajar».

 

ESPERO - Suscita dúvida e enfraquece o contexto. Se espera que algo aconteça é porque há uma forte possibilidade de não acontecer. Está dependente de algo ou simplesmente não está suficientemente empenhado/a

Sugestão - Use antes o «Sei». Em vez de «Espero aprender a falar em público», diga «Sei que vou aprender a falar em público».

 

Quando fizer descrições negativas de si mesmo/a, use mais as expressões no passado. Não esqueça que o poder está no agora. Exemplos: «Tinha dificuldade em...», «Não conseguia...», etc.

 

A partir de hoje faça a selecção das palavras e expressões que usa para promover a realização.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Featured Posts

Tens ou Queres?...

September 9, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts

September 9, 2019

Please reload

Archive