• JDias

4 perguntas para o ressentimento


Que perguntas deves fazer, cujas respostas te farão dar o passo que queres? A mudança descansa nas respostas, se as deres com seriedade e sinceridade.

Estás ressentido/a com um episódio antigo. Alguém ou uma situação causou-te insatisfação, desgosto, sentimento de injustiça. Ficaste ressentido/a com o sucedido e agora mesmo, passado tempo, meses, até anos, continuas a matutar no sucedido com aquele inconformismo, próprio de quem está prisioneiro de um tema. Ficaste e permaneces com ressentimento. Decidiste e aceitaste ficar com essa lembrança magoada.

A forma de te libertares passa por duas fases:

1 - Fazeres a ti mesmo/a 4 perguntas simples, curtas e directas

2 - Responderes a essas perguntas com toda a tua seriedade

As perguntas dou-tas aqui.

a) O que significou para ti o acontecimento nessa altura?

b) O que significa agora?

c) Estás preocupado/a com o que aconteceria se não estivesses ressentido/a?

d) Como escolhes sentir-te a partir de agora?

Quanto às respostas, terás de ser tu a dá-las na forma de escrita. Escreve-as em detalhe e certifica-te de que estás por completo concentrado/a nelas, uma de cada vez, uma a uma.

Se fizeres tudo como indicado, vais sentir diferenças na tua liberdade interior. Leveza, alívio e uma visão renovada e mais saudável do futuro.

_____________________________________

Consulte os nossos programas de Liderança e Inteligência Emocional e de PNL&Coaching, direccionados às soluções e à flexibilidade emocional

#liderança #emoções #desenvolvimentopessoal #autoajuda #afectos #sentimentos

17 visualizações

© 2013 by JD communication - Portugal - jd@jdias.org - 913254041