Mexer com a vida interna da mente

Inteligência emocional tem tudo a ver com a gestão da vida interna da mente. O cérebro tem uma função interna que afecta a vida da mente. Que afecta a realidade factual e externa que interage directamente consigo. Que, de facto, é o contexto onde vive.


Um curso de desenvolvimento pessoal tem como propósito principal isso mesmo. Mexer com a vida interna da mente. A vida de costumes, de automatismos, dos impulsos instintivos. O desenvolvimento pessoal é a porta para a transcendência, que se traduz na tentativa de usar outras zonas do cérebro na procura de informação acumulada mas oculta.

Exercício

Se tem algo que define como PROBLEMA, faça o seguinte:

1 - Sente-se, numa cadeira, num sofá, etc. Esteja confortável

2 - Feche os olhos um pouco e inspire. Traga a tranquilidade ao seu corpo

3 - Crie uma imagem agora da situação que define como problema. De olhos fechados ou abertos, veja-a à sua frente e anote o que sente neste momento. Classifique de 0 a 10

4 - Agora levante-se deixando a imagem à sua frente no mesmo lugar. Note que, em pé, fica numa posição superior, eventualmente acima da imagem, vendo-a agora de cima para baixo. Anote o que sente agora de 0 a 10.

5 - Melhorou, decerto.


Com este exercício, acabou de mexer na vida interna da mente. Criou uma imagem à sua frente, o que quer dizer que está dissociado. Está a ver-se. Em segundo levanta-se e vê tudo de um ponto superior, mudando a perspectiva e a emoção.

Tudo é relativo. Tudo é ressignificável. Tudo é subjectivo em termos de veracidade.

__________________________________


Você é Cozinheiro

O cozinheiro confecciona os alimentos. O intuito é que cada prato seja saudável e apetitoso. Para isso, o que faz o cozinheiro? Apura o tempo de lume, afina os condimentos, acrescenta ou diminui o uso do sal, da pimenta, da ervas aromáticas, da canela, do açúcar, etc. O bom cozinheiro está sempre na procura de formas diferentes de tornar a sua comida apetitosa e saudável.

Há quem não o faça, há quem seja renitente, considere que as coisas devem ser consumidas como estão e como aprenderam no passado.

O trabalho com a nossa mente torna-nos a todos como cozinheiros. Trabalhamos com pensamentos e emoções, acrescentamos ingredientes, percepções, visões, interpretações, palavras, posições. Fazemos escolhas certas com pensamentos (alimentos) mais saudáveis e apuramo-los com temperos de requinte.

Há quem não o faça, há quem seja renitente, considere que as coisas devem ser consumidas como estão e como aprenderam no passado.


Seja cozinheiro de excelência. «Alimentos» (pensamentos) maus retire-os da mesa (do cérebro). Coloque-os à distância, torne-os imagens recordadas pequenas, difusas, a preto e branco.

_____________________________________

Consulte os nossos programas de Liderança e Inteligência Emocional e de PNL&Coaching, direccionados às soluções e à flexibilidade emocional

#liderança #emoções #desenvolvimentopessoal #autoajuda #afectos #sentimentos

5 visualizações

© 2013 by JD communication - Portugal - jd@jdias.org - 913254041